segunda-feira, 4 de julho de 2011

A Igreja não tem fronteiras

Esteve connosco recentemente um senhor Padre da Diocese do Sumbe, o Sr. P. Simões Carlos, que, por razões de saúde, passou cerca de um mês connosco.
Tanto a comunidade paroquial de Urqueira como a do Casal dos Bernardos tiveram oportunidade de o conhecer e de, com ele, celebrar a Eucaristia.
À despedida o Sr. P. Simões era já um amigo de todos nós e foi com estes sentimentos que a comunidade de Urqueira se despediu dele, com o desejo de recuperação rápida da saúde e que, logo que possa, nos visite de novo.
A permanência do Sr. P. Miguel entre nós, a visita do Sr. D. Benedito, Bispo do Sumbe, e agora esta estadia do Sr. P. Simões, mostram a universalidade da Igreja, que não tem fronteiras. Os nossos irmãos do Sumbe não são estrangeiros para nós. São IRMÃOS. E a Igreja é assim mesmo: uma família de irmãos, das mais diversas culturas e línguas, mas todos unidos na Fé no mesmo Deus!
Ao Sr. P. Simões agradecemos ter estado connosco, a disponibilidade que demonstrou nos trabalhos em que foi solicitada a sua colaboração, desejamos rápido restabelecimento da sua saúde e bom trabalho!

3 comentários:

Natália Lourenço disse...

Olá amigos,
De facto até poderia ficar entre nós mas temos de saber partilhar.... Fica o apelo de regressar e ver novamente este povo.
Tive a oportunidade de estar com ele frente a frente no encerramento da catequese e foi um prazer enorme conhecer tão bela pessoa. Também colaborou no encerramento pois esteve em companhia com o Pe Segunda até ao final. Grande equipa. Talita.

P. Vítor Mira disse...

Bom dia.
Quero agradecer ao Sr. P. Simões o tempo da sua estadia connsosco e o testemunho de padre que nos deixou. Também agradeço às paróquias a simpatia e acolhimento que lhe deram, o que o marcou muito. E é assim, com estes gestos concretos que se vive a comunhão e a universalidade da Igreja.
Muitos parabéns às paróquias de Urqueira e Casal dos Bernardos.

P. Vítor Mira

Rita disse...

olá,
também gostei muito de conhecer o Sr. Pe. Simões. Ele foi muito simpático para connosco.
Espero que volte a haver uma próxima oportunidade.

Rita